quinta-feira, 10 de dezembro de 2009

futura estrada.

Não vim parar aqui por nada. Vim pelo seu perfume que nem conheço. Vim pelas frases mal escritas em cada trilha que vim pisando. Vim por estas estradas velhas e com árvores secas, parei e pedi ajuda, pedi que me guiassem até o seu amor, ninguém me ouviu, só me trouxeram água para me acalmar, eu precisava de uma boa dose de vodka e ficar bem insano, assim a estrada seguiria melhor.

Eu precisava queimar pontas de cigarros, pra que eu pudesse fumar sem ver, sem notar a falta que você me faz, sem notar o como o caminho ate você é longo, é difícil sem mesmo saber como és de verdade, sem mesmo nunca ter te tocado, mas ter a certa convicção de que é você, é sim, não vim aqui por nada, vim apenas pra acalmar essas minhas lagrimas que insistem em cair lentamente assim como os pingos dessa chuva inanimada escorrem pela janela do meu quarto, minhas lagrimas ao contrário da chuva são quentes e recheadas de sentimento, de vontade. Não vim aqui por nada, vim pelo som da sua voz, pela batida das suas asas pelo calor do vazio que você faz em mim.



por thamiris mendez e c. lagos.


" que estas sejam as primeiras de muitas palavras juntos . "

7 comentários:

  1. No que depender de mim, esse é o primeiro de muitos que vamos fazer!!!

    Como lhe confecei, estava doido para escrever com vc. Sim, disse doido, e ñ é uma hipérbole, é um fato, é algo muito real.

    Sentia que, eu precisava de um toque seu, de umas palavras sua, e estas vieram, e estas, formaram - muito bem por sinal- mais um texto. E desta vez, eu digo sem nenhuma prepotência que, certamente, um dos melhores que já li e pude construir com alguém, ainda mais com alguém com a sua postura sentimental.
    Obg por me conceder tal fato!

    ResponderExcluir
  2. Nossa, que romântico. Texto perfeito! Assim como o blog :)
    estou te seguindo lindinha, espero sua visitinha em meu cantinho tambem.
    Beijaozão!

    ResponderExcluir
  3. Muito bom. Muito bom mesmo.

    Fiquei muito feliz com essas palavras entrelaçadas, cruzadas e deliciosamente dispostas no blog.

    Parabéns!

    Um texto com um tom de ansiedade, saudade do que não foi, tom de vontade.

    'Não vim aqui por nada, vim pelo som da sua voz, pela batida das suas asas pelo calor do vazio que você faz em mim.'

    Simplicidade.
    Que o voo seja pleno. E feliz.


    Beijos,
    Nii

    ResponderExcluir
  4. Olá Thamiris! Passando pra conhecer seu blog! Gostei bastante! Prometo que volarei nas próximas atualizações pra comentar com mais calma! parabéns, e beijão!

    ResponderExcluir
  5. eu adorei esse texto seu e do Lagos :) mandaram super bem .

    aliás você manda muito bem em seus textos
    um beijo querida !

    ResponderExcluir
  6. O caminho pode parecer longo e difícil a princípio, mas quando chegamos ao destino almejado, tudo aquilo que passamos antes compensa.

    Gostei daqui.
    Beijo.

    ResponderExcluir
  7. Nesses momentos o cigarro é mesmo o melhor companheiro!
    Inté!

    ResponderExcluir