domingo, 20 de junho de 2010

Anáfora.

Se for pra falar de amor: me chame
Se é pra me chamar, livre-me
Se é pra livrar, que seja do mal
Se for mal, me encanta
Se é pra encantar, sorria
Se é pra sorrir, que seja pouco
Se é pra ser pouco, não seja
Se for pra não ser, minta
Se for pra mentir, que seja sincero
Se for pra ser sincero, que me interesse
Se for para interessar, que seja em sexo
Se for pra falar de sexo, me conte
Se for pra me contar, que sejam verdades
Se for pra falar verdade, que valha a pena
Se for pra valer a pena, que seja a vida inteira
Se for pra ser a vida inteira, que seja intenso
Se for pra ser intenso, que não seja o fluxo
Se for pra falar de fluxo, que sejam de vidas
Se forem vidas, que sejam bem vividas
Se forem vividas, que sofram por alguém
Se for para sofrer por alguém, que este mereça
Se este merecer, se entregue
Se for pra se entregar, que seja com emoção
Se for emoção, esconda
Se for pra esconder, os seios
Se for os seios, mostre
Se for mostrar, que gostem
Se gostarem , que digam
Se disserem, que seja auto
Se for auto, que seja em bom som
Se for em bom som , camelo
Se for camelo será bom ,
Se for bom, fará de novo
Se fizer de novo , não se arrependa
Se caso arrepender, seja do que não fez
Se não fizer , ainda há tempo
Se há tempo , viva
Se for pra viver, que seja feliz
Se for pra ser feliz, que não se esqueça
Se for pra esquecer, que esqueça as brigas
Se for pra brigar, que não seja por ciúmes
Se for pra ter ciúmes, que seja da sua família
Se tiver família , os ame
Se for amar, que ame com a razão
Se for com razão, não sofrerá
Se for sofrer , sobreviva
Se for pra sobreviver, que seja da chuva
Se for pra chover, que sejam canivetes
Se chover canivetes, se mate
Se for pra se matar , avise
Se avisar, desista
Se desistir, me chame
Se me chamar que seja pra falar de amor.


Um comentário:

  1. Se está aqui na terra....viva.

    Ou, sentiremos o peso de não viver e ter que aqui estar.


    Sinto sua falta. Demais.

    ResponderExcluir