sexta-feira, 23 de julho de 2010

uma carta pra você.

para jp ler ouvindo : decode. paramore,

Eu estou caindo em um abismo que não tem fim , a cada minuto longe de você a saudade aperta como se doesse , uma dor que os corações chamam amor , a cada minuto eu sinto sua falta do meu lado e fico imaginando como poderíamos ser duas pessoas felizes juntas , e não há nada que eu faço ou que você diga que me faça tirar isso da cabeça , não há nenhuma namorada , nenhuma teoria que tire de mim tudo o que eu sinto e senti por você , tudo o que eu imagino pra nós .E o cômico é ver que conforme o tempo passa, as estações mudam, as vidas se resolvem e eu continuo presa a você como um laço que não desata, como se eu pedisse isso, conforme o tempo me passa continuo achando você a pessoa mais adequada pra entrar nessa minha vida ridícula e construir um amor de verdade, desses que eu nunca tive, e mesmo você me matando com todas essas atitudes, mesmo eu não entendendo o que se passa na sua cabeça e querendo estar nela 24 horas por dias, mesmo que eu esteja exausta de querer você , seus beijos e seu corpo , mesmo que eu tenha uma síndrome de não afeto e aja como estranha e não saiba demonstrar tudo o que eu sinto por você ,eu ainda quero experimentar tudo o que você tem para me dar, espero que esses quase 3 anos tenha sido suficiente pra você ver o quanto eu quero , o quanto eu preciso de você na minha vida.

Bem, que eu jurava que já tinha tirado você da minha cabeça e não precisava de nada que viesse da pessoa que me fez sofrer como uma criança idiota, me fez chorar atoa, eu jurava que eu não queria mais seu desprezo e seu cinismo, jurava que conseguiria esquecer tudo o que um dia a gente passou, mas não, eu não esqueci por um minuto sequer. O tempo passou rápido, mas os dias foram longos. O meu te amo inútil se transformou em um volta brando, com uma cara de carinho e saudade. Os meus rabiscos no caderno de todos os anos e minhas cartas depressivas tornaram-se uma mensagem no celular, um texto no site , um pedido de volta de quem nunca esteve .
E mesmo que não haja mais choro, mais drama nem confissões, mesmo que eu tenha me decepcionado com muitas de suas atitudes e você com as minhas, mesmo que não tenhamos nada pra viver e eu possa estar sendo uma pedra no seu caminho tipo Drummond eu ainda queria que você soubesse disso tudo e ainda queria que você soubesse que pra mim nada nem ninguém vai apagar o que foi feito até aqui.


Um comentário:

  1. Não é necessário apagar nada....nada de bom, nada de ruim, basta seguir da melhor forma daqui pra frente. Mostrar os dentes quando houver vontade de chorar. Fumar marços e marços até o agosto chegar. Esperar a felicidade? Não é muito o seu estilo sagitariana-apaixonada-ansiosa-de-ser. Então, siga cedo pelo caminho e logo verá o seu melhor abrigo. Logo vai ter o perigo mais perto - é, você não curte muito a vida totalmente tranquila.

    EU AMO VC!

    quero saber que vc está bem.

    ResponderExcluir