segunda-feira, 30 de agosto de 2010

e ter morrido de amor.

Como pensar que toda aquela nossa historia de amor e não amor , mais ódio e indiferenças se tornou esse livro mal escrito , faltando paginas arrancadas junto com os dias felizes, esse livro sem cheiro , e com a capa dura feito seu coração , com marcas de choro e sorrisos entre os dramas.
Como eu ia pensar que aqueles dias virariam resquícios de memórias que o vento esta sendo capaz de apagar, como eu ia imaginar que tudo acabaria assim, sem brinde, sem tato, sem sexo, sem pena, apenas como uma saudade que é inválida e incapaz de passar, como as letras daquela carta que um dia eu te jurei, como o som das minhas palavras que um dia eu te provei amar, como os beijos frios com gosto de sal, com gosto de não, com gosto de você.
Como a nossa estória de não-amor-chata-e-dramatica foi virar uma marcação no livro, uma sublinhado ou uma mancha, foi virar um sonho lembrado pela metade, uma folha murcha, dois anéis sem dedo, como eu fui capaz de deixar nosso amor passar ? porque era amor , só podia ser amor.
Como se certificar que esse dois coração cansados de tanto errar vão ser felizes nessa distancia que nos separa, que separa a areia da água,o ar das nuvens ,o você do eu , como certificar que estamos fazendo a coisa certa e não nos arrepender depois de anos e tentarmos procurar uma a outra com aquela mesma cara sem graça de sempre , e como sempre nos perder.
Como me auto confirmar que você deve ser feliz com quem te cerca e que eu devo parar de encontrar defeitos em que me ama e só amar os defeitos seus,como acreditar que eu nunca mais vou ver seus olhos que mudam de cor , ver sua boca fria e sentir você em mim, que eu nunca mais vou ter quem me leve em casa , quem me faça rir , quem me de boa noite , quem me fale 'te amo'.
J
á que amar e esquecer é tão difícil , creio que mais ainda seja a duvida , se deve ou não amar , se deve ou não esquecer.



And I will wait to find,If this will last forever
And I will wait to find If this will last forever.
And I will pay no mind when it won’t,
and it won’t cause it can’t
It just can’t . It’s not supposed to.

domingo, 29 de agosto de 2010

sábado, 28 de agosto de 2010


Quando tá escuro e ninguém te ouve
Quando chega a noite e você pode chorar
Há uma luz no túnel dos desesperados
Há um cais de porto pra quem precisa chegar
Eu tô na lanterna dos afogados
Eu tô te esperando, vê se não vai demorar

Uma noite longa por uma vida curta
Mas já não me importa basta poder te ajudar
E são tantas marcas que já fazem parte
Do que sou agora mas ainda sei me virar.




Lanterna dos afogados - os paralamas do sucesso

sexta-feira, 27 de agosto de 2010

nova fase , mesma coisa;





Eu vi o amor morrer muitas vezes quando ele merecia estar vivo ,
eu vi você me surpreendendo e eu aprendendo da pior forma ,
mas eu aprendi ,
além de aprender que a distancia não é tão ruim,
apenas quando lembro que poderíamos estar juntos.

quarta-feira, 25 de agosto de 2010

sobre a falta que sinto.


Por enquanto estou inventando a tua presença , mas no fim quem é realmente importante permanece.

Q.

Pode –se chamar de receio , frieza ou afins , pode –se chamar de atriz ou sem coração , mas ninguém convive com ela pra ver o quanto de sentimento tem entre todos os foras e as indiferenças , ninguém nunca viu ela chorando a noite por não ter alguém quem te de carinho , te de prazer.
Ninguém sabe que enterrar atrás das federais é uma desculpa fudida que ela encontrou pra se livrar das pessoas inconvenientes e chatas que chegam ate ela, ninguém nunca a viu necessitando uma tarde fria com um filme ou cineminha depois cama.
Ela nunca imaginaria que desgostar de alguém a transformaria nessa pessoa fogo brando feito a chama do amor que ela não sente por mais ninguém, nunca imaginou que todo aquele sofrimento a transformaria nessa pedra fria e dura,
E mesmo que ela tente encontrar alguém nunca há quem seja certo ou errado o suficiente, vai ver que ela exige demais das pessoas, e aqueles de 20 a 40 não são o que ela queria pra ela , vai ver que ela não consegue mais sentir e se transformou em quem ela mais odeia e mais amou , vai ver que é assim... Que ela vai ter que se entregar a esse destino de não amar,
As terapias e psicólogas não foram ate agora o suficiente pra fazer com que ela saiba sentir de novo , e também não fora o bastante pra fazer com que ela esqueça que deve querer alguém que não a quer , vai ver que com você ela seria feliz, se os textos do seu blog fossem pra ela, se aquele sentimento todo que você finge ter que tenha fingido pra ela,
Ela seria tudo e supriria todo esse sentimento que você deixa exalar que não existe, afinal todo mundo tem um primeiro amor,

Só a bailarina que não tem.

domingo, 22 de agosto de 2010

clarisse.

Farei o possível para não amar demais as pessoas, sobretudo, por causa das pessoas. Às vezes o amor que se dá pesa, quase como uma responsabilidade na pessoa que o recebe. Eu tenho essa tendência geral para exagerar, e resolvi tentar não exigir dos outros senão o mínimo. É uma forma de paz... Também é bom porque em geral se pode ajudar muito mais as pessoas quando não se está cega de amor.

terça-feira, 10 de agosto de 2010

detalhes .



a unica coisa que faz uma criança atrever-se a andar; é o fato dela já ter caido antes ,
a unica coisa que me faz não atrever-se a amar; é o simples fato de não ter sido amada antes.

quarta-feira, 4 de agosto de 2010

a comédia e a tragédia.

Eu queria ser uma pessoa normal como todas as que eu vejo ao meu redor, como todas que me cercam desde que eu acordo já dizendo apesar de tudo as seis da manha, como se um galo cantasse como se fosse simples depois de todas as ofensas e todos os medos, sem contar os pecados imperdoáveis, queria ser como essas pessoas sem nenhum problema, de pequenas discussões com os pais porque não lhe darem a chave do carro , queria ser normal ao ponto de não me sentir excluída numa sociedade que inclui , queria não ser a estranha por não gostar das bandas coloridas da moda e ouvir os Beatles com um certo orgulho,poder afirmar que quem é foda é Marx não bob Marley, por afirmar não ser clichê ,mas afinal nem eu mesma sei o que é isso.


Queria discutir com meus pais coisas fúteis exemplos tempo na internet ou pega no sexo, queria poder achar sexo algo normal e não essa mancha escura queria poder gostar um pouco mais dos meus pais. Queria poder um dia me sentir do meio de toda essa gente que me cerca, queria ter esse tempo sobrando que as pessoas têm esse tempo que eu não tenho mais , queria ler a ladeira da saudade e me sentir um pouco lisonjeada ou comovida com todo esse romantismo que eu acho que não existe , queria que existisse esse tal de romantismo pra mim, esse tal de amor pra mim, queria poder sofrer um pouco por amor , mas amor de verdade não essa palhaçada que eu quase vivi , queria poder ter uma razão como dizem os apaixonados, queria apenas um dia vê uma pessoa apaixonada, porque eu ainda não vi. Queria não odiar tanto assim HP já que tantos gostam, e não ser olhada com esses olhos afagos (não de ressaca com os da divina Capitu) quando eu falo que acho dom casmurro incrível, queria não ser a única a me preocupar com meu futuro e garantir um doutorado como se fosse o banho do dia seguinte.

Queria não querer tanto as pessoas já que eu sei que depois que eu tiver não vou querer mais, ou não, eu queria tanto passar no vestibular e poder exibir esse meu esforço quase não remunerado a todos que me passarem na rua, queria chorar vendo um filme, queria escrever uma musica com certa melodia doce, queria conhecer todas as historias dos deuses gregos, queria pedir um dia sequer uma desculpa sincera, um dia querer ser mãe, querer viver com alguém, acreditar em alguém, queria um dia aprender a perdoar, aprender a esquecer, a te esquecer. Queria ler todos os livros do mundo, aproveitar cada segundo, ir ao show da legião e poder tirar essa saudade de tudo que ainda não vivi,queria ser normal ao menos de longe , já que de perto ninguém é.


segunda-feira, 2 de agosto de 2010


Prometa so uma coisa quando chegar a hora de dividir a sua vida com alguém,
que será uma pessoa que te respeite...
procure ama-la pelo que ela é não pelo que ela te faz sentir.