quarta-feira, 25 de agosto de 2010

Q.

Pode –se chamar de receio , frieza ou afins , pode –se chamar de atriz ou sem coração , mas ninguém convive com ela pra ver o quanto de sentimento tem entre todos os foras e as indiferenças , ninguém nunca viu ela chorando a noite por não ter alguém quem te de carinho , te de prazer.
Ninguém sabe que enterrar atrás das federais é uma desculpa fudida que ela encontrou pra se livrar das pessoas inconvenientes e chatas que chegam ate ela, ninguém nunca a viu necessitando uma tarde fria com um filme ou cineminha depois cama.
Ela nunca imaginaria que desgostar de alguém a transformaria nessa pessoa fogo brando feito a chama do amor que ela não sente por mais ninguém, nunca imaginou que todo aquele sofrimento a transformaria nessa pedra fria e dura,
E mesmo que ela tente encontrar alguém nunca há quem seja certo ou errado o suficiente, vai ver que ela exige demais das pessoas, e aqueles de 20 a 40 não são o que ela queria pra ela , vai ver que ela não consegue mais sentir e se transformou em quem ela mais odeia e mais amou , vai ver que é assim... Que ela vai ter que se entregar a esse destino de não amar,
As terapias e psicólogas não foram ate agora o suficiente pra fazer com que ela saiba sentir de novo , e também não fora o bastante pra fazer com que ela esqueça que deve querer alguém que não a quer , vai ver que com você ela seria feliz, se os textos do seu blog fossem pra ela, se aquele sentimento todo que você finge ter que tenha fingido pra ela,
Ela seria tudo e supriria todo esse sentimento que você deixa exalar que não existe, afinal todo mundo tem um primeiro amor,

Só a bailarina que não tem.

Nenhum comentário:

Postar um comentário