segunda-feira, 20 de setembro de 2010

falando sério.

E te olhava com cara de quem queria mais uma noite de sexo, um beijo inocente,carinhos até perder a hora, e eu poderia passar horas e horas com o telefone desligado só ouvindo seus planos ao som Caetano , ouvindo aquelas historias do seu filho que te faziam rir , eu poderia passar mais alguns meses fugindo do mundo , amando escondido , de mim mesma , mas eu fugi de tudo o que nos cercava e ninguém mais pode te trazer de volta todo o carinho que um dia eu te dei , me queira bem, eu só fui o que você pensava que eu ia ser , meu amor.

‘ você não sabe , mas é que eu tenho cicatrizes que a vida fez.

Nenhum comentário:

Postar um comentário