terça-feira, 21 de setembro de 2010

Gente de verdade tá em extinção.

Queria que voce um dia pudesse entender o por que do meu sumiço , do meu descaso , mas eu nao posso, meu bem , ser pra você tudo o que voce esperava que eu fosse , eu nao posso deixar pra traz todos os meus preceitos e minhas crenças tolas e infames , eu nao posso ouvir suas promessas e fingir que me encontro dentro delas, fazer planos como os quais você fazia comigo , como olhava com olhos de futuro quando o que eu mais queria era fujir dali e rejeitar suas mãos que insistiam em me tocar com aquele carinho chato que nao era o certo, eu nao podia fingir mais que gostava das nossas viagens , se o que eu mais queria era pegar o próximo voo pro Rio e desaparecer daquela pousadinha-eternos-namorados que você arrumou pra gente , que nao tem nada haver comigo, mas no fundo voce sabe que eu preferia uma barraca em Sana , um bom vinho e nao essa champagne caro e desnecessário que voce me fazia tomar, que eu preferia um bom livro a esse anel que esta no final de todos aqueles aneis que eu coleciono , de todos aqueles que um dia achou que pudesse me fazer sentir, voce sabia que eu nao podia ser pra voce aquilo tudo que voce precisava , que eu nao podia te transformar de novo em um universitário de 18 anos , ja que era um quarentão. ou trintão ,tando faz, voce sabia que a minha insistência era por voce , por eu saber que voce se sentia bem comigo e sentia por mim o que nunca sentiu por ninguém , que eu te fiz sentir o que ninguém nunca fez ,porque eu sei fazer isso.
E o pior é que voce sabia que eu iria sumir , assim de uma hora pra outra , que eu nao ia aguentar muito tempo seus jantares com aqueles seus amigos sujos de dinheiro que queriam só prazer , com aquelas putas-damas-de-companhia que lhe faziam assistência, que serviam de trofel pra um idiota que preferiu levar a esposa de 30 anos mas limpa, eu nao era uma dessas , eu nao queria ser uma dessas , eu nao queria que me olhassem como aquela menina precoce que tenta fazer com que o senhor de 30 se sinta menos ameaçado com a idade , e voce sabia disso.
é , eu sei que eu nao era aquilo pra voce , e sei que voce me falou todas aquelas coisas com carinho , eu sei que voce sabia que eu nao gostava nem um pouco do seu filho , aquela criança mal educada que nao sabia se comportar a mesa e nem a lugar nenhum,
Mas voce sabe que eu tentei , eu tentei ser a mae dele , tentei ser a sua mae ,sua mulher, tentei te fazer ver que voce pode muita coisa ainda e eu espero que voce tenha visto , eu tentei mudar tudo o que eu penso sobre amor e mentiras pra viver com voce uma historia , mas nao , nao dá , eu nao sei ser assim , eu nao sei sentir , eu até tento, entenda que a culpa nao é minha , e que nada que eu poderia ter feito eu fiz e nao me arrependo , de nao ter sido uma boa moça pra voce, e a culpa tambem nao é minha que voce nao tenha sido quem me fara enchergar toda a verdade sobre o amor
Eu até já tentei ser diferente, por medo de machucar, mas não tem jeito: só consigo ser igual a mim.

Nenhum comentário:

Postar um comentário